sábado, 12 de junho de 2010

No Ceara, partido de Ricardo Coutinho veta aliança com PSDB

O mesmo conselho que Ciro Gomes deu ao ex-prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho, em sua ultima visita à Paraíba, pelo jeito não valeu para o seu partido no Ceará. Na Paraíba, Ciro disse para Coutinho ampliar ao máximo suas alianças.

No Ceará, entretanto, vetou a aliança do PSB com o PSDB em apoio ao irmao, o atual governador Cid Gomes. O mesmo aconteceu nos estados governados pelo PSB, Pernambuco e Rio Grande do Norte, onde PSDB e Dem são os principais adversários do PSB.

O caso do Ceara chama a atenção por que essa decisão representa o fim de uma longa convivência política entre Ciro Gomes e Tasso Jereissati, deixando isolado o ex-governador tucano que foi um dos responsáveis pela inserção de Ciro Gomes na política cearense.

Ou seja, enquanto no restante dos estados nordestinos todos os partidos que apóiam Lula fogem do PSDB e Dem como o diabo foge da cruz, na Paraíba o PSB de Ricardo Coutinho abriu-lhes o bracos para que eles se aconchegassem confortavelmente, o que evitou o isolamento e a derrota total dos tucanos - e por tabela, dos demos - paraibanos, dando-lhes sobrevida. O resultado è que de um futuro lustroso e promissor, Ricardo Coutinho abraçou o urso que vai lhe comer as entranhas e as perspectivas de tornar-se uma das grandes lideranças paraibanas.

Uma pena.

Nenhum comentário: